Primeira visita a(o) Babilónia

20140219-174718.jpgNa terça-feira fui com amigos ao Centro Comercial Babilónia na Amadora. O mote é um exercício de grupo proposto na cadeira de Cultura Material a ser desenvolvido durante este semestre, um pouco à semelhança do Learning From Las Vegas. O Babilónia é um espaço totalmente surreal, dominado pelas lojas de telemóveis e cabeleireiros que vendem o cabelo dos seus clientes. Como o nome metafórico (se foi de propósito, até demasiado) faz adivinhar, é um local muito etnicamente variado e interessante. Também se encontram por lá algumas obras de arte curiosas, como a da imagem acima. Brevemente voltaremos lá, de preferência com menos ar de “turistas”.