Neighbours from hell

Há várias semanas que de Segunda a Sexta acordo com o barulho de obras no apartamento dos meus vizinhos de cima. Moro num prédio que já foi um hotel, pelo que, entre outras características, as paredes são particularmente finas. Como sou um noctívago irremediável, as minhas horas de sono viram-se ainda mais reduzidas; cheguei inclusive a deitar-me ao som das brocas e martelos. Nos primeiros dias o barulho era como um sinal de Satanás na terra. Ainda respondi com música nas colunas e o volume no máximo, o que apenas me atormentou ainda mais. Durante vários dias fui para as aulas mal-disposto. Todas a semanas pensava serem a última da tortura, mas até hoje (agora sem a regularidade ou o volume de antes) o périplo não acabou. Apesar de ainda não ter descoberto o lado propriamente agradável da situação, a companhia das obras tornou-se familiar e proporcionou-me alguns momentos engraçados. Há umas semas atrás saio do banho e sou presenteado com uma versão acapella da “What is Love” do Haddway (num inglês bastante dúbio). Outra vez fui recordado de que a selecção estava a jogar à hora de almoço. Talvez isto não compense o sono cortado a meio, mas pode fazer esquecer o cimento-cola que ainda suja as minhas janelas. Falo disto porque o meu prédio é habitualmente muito silencioso, à excepção do bater das portas que ecoa como um rebentamento. Mas hoje consigo ouvir gente a falar aos berros e não me sinto incomodado. É nitidamente uma discussão acesa, mas isso não me interessa. Interessa-me sentir que vivo num sítio com outras pessoas, que partilho algo com alguém que não conheço. Não sei porquê, mas foi um pensamento que me ocorreu. Talvez se isto se repetir deixarei de pensar o mesmo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s